sábado, 30 de maio de 2009

A vontade de Deus e a vontade dos homens


Sentimentos humanos muitas vezes penetrão o coração de cristãos e os fazem entristecer em relação ao agir de Deus em suas vidas. Isso não é novidade quando não estamos em total acordo com aquilo o que Deus quer para nós.Murmurar é dizer que Deus está errado em suas atitudes, é não dar crédito a vontade do Senhor que é boa perfeita e agradável! Portanto, a murmuração nada mais que um dos piores pecados( se assim podemos dizer ).

Existem diferenças gritantes entre a vontade dos homens e a vontade de Deus. Essas diferenças, como não poderia ser de outra forma, quando existem causam desconforto na parte que se julga prejudicada (disse: “Se julga prejudicada”).O que deve ser feito então para evitar tais “problemas”? É bem simples, devemos apenas alinhar nossa vontade a vontade de Deus.

Mas para que isso aconteça, deve existir algo chamado intimidade, que gera fidelidade e nos faz andar em santidade. Quando existir a intimidade com o Senhor, com certeza, não irão acontecer desacordos e todas as ações do Senhor em nossa vida serão percebidas como bênção, até mesmo aquelas que nos poem a prova, e não motivo de raiva ou tristeza muitas vezes.Nem sempre o que é bom ao nosso modo de ver, é o melhor, porque temos um coração que é enganoso mais do que todas as coisas.

Deus tem sempre o que é de melhor para nós em todas as áreas, mas a pressa em conseguir as coisas, faz com que muitos percam a bênção do MELHOR, pela presença do BOM em suas vidas.Se não alinharmos nossa vontade com a vontade de Deus, nada vale esse trecho da oração do Pai nosso:

... venha o teu reino, seja feita a TUA VONTADE, assim na terra como no céu... (Mt 6.10.)

Precisamos aprender a perceber a vontade de Deus para nossas vidas, pois Jesus mesmo disse:

... qualquer que fizer a VONTADE de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, irmã e mãe... (Mt 12.50.)

O próprio Jesus disse, relatado no livro de João capítulo 5, versículo 30:

Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma; como ouço, assim julgo; e o meu juízo é justo, porque não procuro a minha VONTADE, mas a VONTADE daquele que me enviou.

Essa é a chave para que a vida não seja tão cheia de conflitos, tão cheia de tristezas, tão cheia de desilusões e decepções. Devemos viver a vontade de Deus para nós. Já temos as diretrizes que devem ser seguidas e estas estão na Palavra do Senhor. O mais ele irá nos acrescentar quando, dia após dia, tivermos intimidade com o Pai.
Deseje isto para sua vida e seja poderosamente abençoado em nome de JESUS!!!

Um comentário:

Nathália Loureiro disse...

A paz do Senhor!!

Aleluia!! Que texto Lindo Leonardo!

Essa palavra realmente veio do coração de Deus e é uma pérola que deve ser guardada no coração!

Que Deus continue te abençoando com palavras edificadoras como esta, e alimentando nossas vidas!

"Fui alimentada por essa palavra esta manhã!".

Nathália Loureiro ;)