domingo, 21 de junho de 2009

Pastor e estudante são os primeiros presos por intolerância religiosa no País



Eles são acusados de colocar vídeos e textos na Internet incitando o preconceito a religiões

Rio - O pastor evangélico Tupirani da Hora Lores, 43 anos, e o estudante Afonso Henriques Alves Lobato, 26, são os primeiros presos no País por intolerância religiosa. Eles são acusados de postar na Internet vídeos e textos que incentivam a violência contra seguidores de outras religiões.


Os dois foram denunciados à polícia pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa, formada por representantes de diversas religiões, com apoio do Ministério Público, Tribunal de Justiça e Polícia Civil. A dupla foi enquadrada na lei de combate à intolerância religiosa, mais conhecida como Lei Caó.

Eles foram presos no início da noite de ontem, na Igreja Pentecostal Geração de Cristo, no Morro do Pinto, Gamboa, por policiais da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática. A Justiça decretou prisão preventiva dos dois. Se condenados, podem pegar de 2 a 5 anos. O crime é inafiançável e imprescritível.

Na DP, o pastor se defendeu dizendo que a única lei que segue é a Bíblia e mostrou desprezo pela Constituição. “Segundo a Constituição, a Bíblia é livre e permitida no Brasil. Ela é sujeita a interpretações”, disse o pastor, justificando os conceitos publicados em seu blog. Em 2008, Afonso participou de ataque ao templo espírita Cruz de Oxalá, no Catete ( foto ). Respondeu a processo e foi condenado a pagar cestas básicas.
Fonte: O Dia on line

5 comentários:

Patricia Cortez disse...

nossa que isso...tá amarrado...coisa do Diabo msmo...

Danilo Fernandes disse...

Loucura isto Leonardo!

Obrigado pelo link! Coloquei o seu por lá tambem!

Danilo

http://genizah-virtual.blogspot.com/

Leonardo Macambira disse...

Amarra mesmo irmã...rsrs A chapa esta esquentando...

Leonardo Macambira disse...

Loucura loucura loucura!!!

A hora da peneira esta chegando... apesar de achar um pouco desequilibrada as atitudes e afirmações dos presos, havera a hora em que seremos confrontados e nos sera nescessário um posicionamento.Resta saber qual o será....

Laguardia disse...

Prezados amigos
Há muito venho lendo e vendo o que tem acontecido no Brasil com relação aos nossos políticos. Não passa um dia sem que haja uma denuncia de atos de corrupção, falta de ética, e imoralidade por parte de nossos governantes.
O Presidente Lula recentemente em defesa do Senador José Sarney definiu que no Brasil existem dois tipos de cidadãos. Aqueles para os quais não existe lei ou Constituição e os demais que estão submetidos aos rigores da lei.
Aqueles que sofrem nas filas do SUS, ficando internados em macas nos corredores dos hospitais e aqueles que se tratam nos melhores hospitais do país com a melhor equipe médica. Em ambos os casos o contribuinte paga.
É chegada a hora de parar de reclamar e partir para a ação antes que seja tarde demais.
Minha proposta e que comecemos em conjunto a pensar numa ação coordenada para o dia 7 de setembro de 2009. É o dia em que comemoramos a independência de nossa pátria, a libertação de nosso povo. Não há momento melhor do que este para um protesto contra a pouca vergonha, os desmandos do governo e o fato de que pouco a pouco estamos perdendo nossa liberdade e democracia.
Sugestões para o email laguardia.luizf@gmail.com