segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Caio Fabio e Bp.Macedo. Atenção igreja !



Enfiando o rei Davi nos negócios escandalosos de um pastor e um bispo do Brasil


Julio Severo


Numa carta aberta para Caio Fábio anos atrás, relembrei-o que o Novo Testamento deixa claro que há condições e requisitos indispensáveis e obrigatórios para que um homem ocupe a posição de pastor. Uma dessas condições é ser irrepreensível.


Davi, João Batista, Herodes e alguns pastores brasileiros


Mas os seguidores de Caio não param de me enviar mensagens dizendo que se o rei Davi adulterou e era um homem segundo o coração de Deus, então Caio pode adulterar, pedir perdão e continuar na função pastoral. Caio está também perdoado se usar manipulação psicológica para dar sutil apoio ao aborto e ao homossexualismo, como ele já andou fazendo. Ele está igualmente desculpado se em seu passado de "papa evangélico" ele influenciava o povo evangélico a admirar Lula, sendo uma das maiores causas do devastador apoio evangélico ao político socialista que hoje usa a presidência do Brasil para impor o aborto e o homossexualismo na sociedade brasileira. Para Caio, na graça — ou mais propriamente, na sua Igreja Caminho da Graça — vale tudo.


Outro membro do Caminho da Graça me escreveu dizendo que Caio Fábio é um moderno João Batista. Sorte desse homem João Batista não estar aqui para se defender! Para quem não sabe, João Batista era filho de sacerdotes e pagou com a vida por ter repreendido o adultério e as corrupções do rei Herodes. Mas como tudo hoje está invertido, um moderno João Batista às avessas (com histórico de adultério perdoado pela "graça" versão Caminho da Graça) é que acabaria sendo repreendido por um Herodes.


É um fenômeno moderno pastores que se julgam na posição de João Batista, mas têm o caráter corrupto e adúltero de Herodes. São amantes do dinheiro e infiéis às suas esposas originais. Sem essa lamentável inversão, Deus pode realmente levantar profetas como João Batista para repreender os adultérios e corrupções dos modernos Herodes que estão na liderança da sociedade e das igrejas. O rei Herodes da "graça" made in Caminho da Graça que se cuide então.


O rei Davi não era sacerdote


Contudo, Davi é a vítima preferida dos que insistem em justificar as repreensibilidades das condutas dos Caios, Macedos e outros pastores. Mas eles ignoram um fato importante: Davi não era sacerdote. Em termos modernos, Davi não era pastor nem líder religioso. Havia na época de Davi os sacerdotes, que trabalhavam no cargo moderno de pastor. Eles ocupavam exclusivamente a função de liderança religiosa. Mais nada.


Por outro lado, Davi ocupava exclusivamente a função de liderança política. Ele era rei. Em termos modernos, ele era presidente. Mais nada.


As qualificações para sacerdote e pastor são muito mais elevadas do que as qualificações para presidente.


O sacerdote precisa ser irrepreensível. O pastor precisa ser irrepreensível. Davi era um homem segundo o coração de Deus como político. Mas se ele fosse sacerdote e pastor, ele teria a obrigação de ser irrepreensível. Como sacerdote e pastor, ele só poderia ser um homem segundo o coração de Deus com uma reputação e conduta irrepreensíveis. Ser irrepreensível é ter uma reputação excelente, é estar acima de acusações de caráter.


Além disso, o político Davi era casado com várias mulheres. Mesmo os sacerdotes da época dele não tinham várias esposas. Os sacerdotes tinham apenas uma mulher, e esse requisito continuou obrigatório para todos os pastores casados no Novo Testamento.


Bispo Macedo e o amor ao aborto e ao dinheiro


Com relação ao Bispo Edir Macedo, já tratei abundantemente do apoio dele ao aborto. É deplorável que um homem que se considere porta-voz de Deus defenda a matança legal de bebês em gestação. É deplorável que um homem que diz crer em milagres creia também no aborto. E é deplorável que um homem que se considere bispo lidere uma denominação que é alvo de freqüentes manchetes internacionais de corrupção e lavagem de dinheiro.


Por que Macedo e sua denominação lidam com o dinheiro de um modo que os expõe a escândalos? Com certeza, eles percebem o óbvio: o que o governo tira de impostos é muito mais do que o justo. E tentam proteger seu dinheiro com esquemas para desviá-lo da ganância estatal.


Macedo bem que poderia dar atenção ao exemplo de Tiradentes, que se revoltou contra o governo português pela cobrança de 20 por cento de impostos sobre os cidadãos do Brasil. Superando em muito a ganância do governo português, o atual governo brasileiro cobra quase 40 por cento de impostos, e só isso já deveria ser inspiração suficiente para motivar todos os pastores do Brasil a proclamarem jejuns, orações e ações contra esse roubo descarado. Mas em vez de orientar sua denominação e pastores a denunciarem esse imenso roubo estatal contra o Brasil, Macedo prefere apoiar o governo que rouba e recorrer a meios ilegais (pelos padrões do insaciável tubarão brasileiro do imposto de renda) para proteger sua imensa fortuna da voracidade estatal.


A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) está pagando um preço alto por recorrer a esses meios. A IURD está na mira do Ministério Público Federal por remessa de dinheiro ilegal ao exterior. Nos EUA, a IURD está também sob investigação por suas estranhas e bilionárias transações financeiras.


O que Deus exige do pastor?


Compare agora o histórico desses dois homens (Caio Fábio e Bispo Macedo) com as exigências bíblicas para o homem que quer pastorear:


"Esta é uma palavra fiel: se alguém deseja o pastorado, excelente obra deseja. Convém, pois, que o pastor seja irrepreensível, marido de uma só mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar; não dado ao álcool, não violento, não cobiçoso nem ganancioso, mas moderado, não contencioso, não avarento; que governe bem a sua própria família, tendo seus filhos em obediência, com toda a modéstia, pois se alguém não sabe administrar a sua própria família, como conseguirá cuidar da igreja de Deus? Ele também não deve ser novo convertido, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo. Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo". (1 Timóteo 3:1-7)


Evidentemente, o rei Davi falharia em vários desses requisitos. De qualquer forma, esses requisitos não se aplicavam a ele, pois não são para políticos, mas apenas para pastores e bispos. No entanto, com seus problemas peculiares, nem o "Pastor" Caio Fábio nem o "Bispo" Edir Macedo têm um histórico irrepreensível na área de finanças e caráter. Eles podem ser políticos? Sim, provavelmente. Mal posso ouvi-los dizendo:


Caio e Macedo:
"Oba!!! Podemos ser políticos!"


Caio:
"Eu quero ser presidente! Tenho a experiência de ter sido o papa dos evangélicos do Brasil!"


Macedo: "Essa é para mim, Caio. Cai fora!!! Eu tenho a experiência de ser o maior magnata evangélico do Brasil. Tente ser senador!"


Caio:
"Buááá! Você está estragando meus sonhos! Só por isso vou fazer uma leitura psicológica de você no meu site para todos virem. Você vai ver!"


Macedo:
"Ah, é assim? Farei questão então que seu nome seja lembrado na próxima Sessão do Descarrego! Além disso, seus escândalos vão ser expostos no Jornal da Record!"


Brigas de família à parte, com seu caráter repreensível, ambos, como presidente e senador, estariam em seu habitat natural, no meio de muitos outros políticos que, em menor ou maior grau, vivem a mesma realidade moral e financeira deles.


O fato é que a ganância e as inclinações socialistas de Caio e Macedo — sem mencionar suas nefastas ligações passadas com Lula — os tornariam péssimos políticos cristãos. Eles podem ser pastores? Obviamente, nenhum dos dois nem sonha em largar do pastorado, mesmo não tendo a irrepreensibilidade que a Palavra de Deus exige.


Davi, Reagan e as desculpas de Caio e Macedo


Macedo e Caio têm uma desculpa: Já que Davi não tinha um histórico irrepreensível, eles também não precisam… Ufa! Eles respiram aliviados com essa santa muleta e santo amuleto! Será que o rei Herodes também usou a mesma justificativa para seu adultério e corrupções?


Eu admiro muito o rei Davi — apesar de seu adultério e assassinato covarde de Urias. Eu admiro muito o presidente Ronald Reagan — apesar de seu divórcio e recasamento. Ambos eram grandes políticos. Ambos fizeram proezas políticas e espirituais importantíssimas, cada um em sua própria geração. Davi derrubou Golias e elevou a nação de Israel. Reagan derrubou o Golias do comunismo soviético e honrou os EUA de forma tremenda. Mas seria difícil admirá-los se eles fossem pastores insistindo em não deixar o pastorado depois de um adultério, divórcio e recasamento, pois ser grande político não é a mesma coisa que ser um grande pastor. Ser pastor exige muito mais santidade do que ser presidente.


Por que? Porque um presidente dirige um povo, mas pastores segundo o coração de Deus podem influenciar presidentes e ajudar a formar uma nova geração de líderes políticos que dirigirão a nação. Pastores influenciaram de forma impressionante a fundação dos Estados Unidos, inclusive a vida de muitos presidentes americanos. O que seria de Reagan sem o Pr. George Otis, que em 1970 orou por Reagan e lhe disse profeticamente que ele seria presidente dos EUA?


Davi só se levantou como rei de Israel depois que o sacerdote Samuel o ungiu. Os Davis para a presidência do Brasil só surgirão com a ajuda de pastores ungidos e íntegros.


Entretanto, não é por amor à santidade e integridade que Caio e Macedo estão agarrados ao púlpito. Acima de tudo, eles têm suas razões pessoais para não deixar o pastorado…


A Bíblia não acertou na mosca quando disse que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males? Para Caio e Macedo, ser pastor e bispo é um negócio da China.






Fonte: Blog do Julio Severo

14 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Leonardo Macambira,

Graça e Paz!

Parabéns pela postagem!

O texto de Júlio Severo é no mínimo, duro, pertinente, realista e profético.

Independente de qualquer simpatia, sob qualquer ângulo, que possamos ter pelos envolvidos e citados no texto, essa é uma realidade concernente ao exercício do ministério pastoral.

Além das questões particulares, o pior de tudo que se criou uma nova escola, e muitos discípulos já estão na ativa, copiando seus "mestres".

Que o Eterno tenha misericórdia das nossas vidas, e que possamos nos apresentar irrepreensíveis!

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Juber Donizete Gonçalves disse...

Caro Leonardo,

Estou tendo a oportunidade de conhecer mais um blog evangélico e fico feliz em ver mais espaço cristão. Quando a postagem, discordo de alguns pontos como:

Não dá para comparar o regime republicano democrático do Brasil com a monarquia teocrática de Israel. Davi era um homem segundo o coração de Deus, não apenas no nível político. Quem disse a frase foi o Senhor através do profeta Samuel. Davi amava a Deus de todo o coração. No entanto, era humano e demonstrou erros feios na sua humanidade. Mas sempre se voltava para Deus e dependia Dele. Davi não era sacerdote. De fato não era, mas agia não somente como um líder político, mas também religioso. Usou túnica sacerdotal, quando a Arca foi trazida para Jerusalém, comeu pão dos sacerdotes, quando fugia de Saul. Abençoava o povo, depois dos grandes ajuntamentos., coisa que era própria dos sacerdotes, Moisés chegou a ensinar a benção que eles deveriam abençoar o povo. Sem contar que seus escritos inspirados estão na Bíblia Sagrada, no livro dos salmos, dos quais 73, são atribuídos a ele, lidos todos os dias no mundo inteiro. Na teocracia israelita, o rei não era um simples líder político, era também espiritual, e não apenas os sacerdotes. Tanto é, que quando havia um rei piedoso, o povo ia bem espiritualmente, quando havia um rei ímpio , a nação declinava no nível espiritual, exemplos, Jeroboão, Acabe, Josafá, Ezequias, Josias.
O pastor precisa ser irrepreensível, sendo modelo e exemplo, mas isso não significa que ele é infalível. Ele é humano, está sujeito a erros. No Novo Testamento vemos personagens bíblicos errando. Pedro negou Jesus. Depois na igreja de Antioquia, teve posições dúblias, sendo repreendido por Paulo. Paulo e Barnabé brigaram feio, e se separaram. Ser pastor exige muito mais santidade do que ser presidente. Bom, não entrar no mérito, quanto aos presidentes, mas quanto a Davi, se poderia ou não ser pastor, leiamos o que o próprio Deus deixou escrito na sua Palavra sobre isso:
“Portanto livrarei as minhas ovelhas, para que não sirvam mais de rapina, e julgarei entre ovelhas e ovelhas. E suscitarei sobre um só pastor, e eles as apascentará; o meu servo Davi, e ele as apascentará; ele lhes servirá de pastor. E eu, o SENHOR, lhes serei por Deus e o meu servo Davi será príncipe no meia delas. Eu, o SENHOR, o disse”. Ezequiel 34: 22-24. Por mais que se aplique esse texto, as promessas messiânicas, não se pode esquecer que Jesus foi muitas vezes chamado pelo povo de “Filho de Davi”, devido a sua descendência.

Graça e paz.

Juber Donizete Gonçalves disse...

Só corrigindo uma grafia errada minha:

Onde se lê: "Bom, não entrar no mérito, quanto aos presidentes"...

O correto é: "Bom, quanto aos presidentes, eu não vou entrar no mérito da questão, mas quanto a Davi..."

Fabio Faith disse...

Parabens!
Excelente postagem

Ingrid disse...

Caro Leonardo,

Graça e paz !

Parabéns pelo blog e pelo post. Confesso que não tinha opinião formada quanto ao Sr. Caio...

Tento através do meu blog alertar e edificar alguns irmãos na fé que não "largam" seus "apóstolos" e "paipóstolos" e o entreterimento de bodes no mundo show gospel.

Quanta tristeza Senhor !
Que o Senhor nos ajude e tenha misericórdia de todos nós.

Jaqueline Alves disse...

Oi Leonardo quando irá postar mais assuntos reveladores como esse, estamos com saudades, rs
Leonardo eu quero convidá-lo a participar como administrador de um blog coletivo evangélico que criei, o site do blog é www.blogueirosgospel.blogspot.com, se vc aceitar deixe um comentário no meu blog com o seu endereço de email para eu enviar o convite pra vc!!! Espero que aceite esse convite e faça parte desse projeto. Muito Obrigada!!!! E fico aguardando a resposta... Graça e Paz!!!!

Vanessa Dutra disse...

Paz do Senhor!

Estou fazendo uma pesquisa de opinião em meu blog sobre o tempo em que estamos vivendo.
Peço que participe.
Basta deixar um comentário sobre o assunto na postagem mais recente.

Obrigada e Deus abençoe!

Luis-Rondonia disse...

Acho que estamos vivendo muito o Jeremias 17:05 e se surpreendendo por coisa pouca ! Jesus deixou tudo isso avisado....mas nós cristãos ficamos "internetiando" todos com desejo de ser o dono da verdade. Amo Caio Fábio/Silas/Feliciano, conheço um pouco de suas histórias, nao os julgo pelo adultério/roubo/ladruagem, seja lá o que for, pois darão conta, se o fizeram (aliás aproveito para perguntar aos "nobres" pastores/líderes/crentes/leigos/visitantes/religiosos/eu, que internetiam de vez em quando: NUNCA OLHARAM PRA UMA BUNDINHA ? )...
CHEGA DE FINGIMENTO E HIPOCRESIA: Todos sabemos que a "igreja" tomou rumos esquisitos (ou não ?), mas nenhum de nós tem vergonha na cara suficiente para assumir isso, lutar pelo evangelho e ainda assumir que OLHA AS BUNDINHAS por ai !
Que saco !

NICODEMOS disse...

Paz seja contigo

Vivemos em tempos onde lideres religiosos querem imitar Davi sim... e principalmente nos erros. Adulteros e que não sabem repreender seus filhos (façamos uma analogia com filhos na fé). Tem lideres que encobrem e maqueiam erros como se fosse nada, como se o pecado ainda pudesse ser coberto com o sangue de algum animal.

Mas Deus não deixare nem estes nem os senhores caios e macedos que pensam serem sócios do Reino e donos da Graça.

Eu sou atualmente perseguido por causa de expor aos irmãos a imoralidade de lideres , os quais por anos eu tenho orado e exortado ao arrependimento. não se arrependem e ainda me caluniam(no blog relato isto).

Permaneça na Graça e frutifique nela

Sejam bem vindos em meu blog e que possam ser edificado na Palavra

atalaiadooastelo.blogspot.com

Nicodemos

I.P.J.A disse...

Que a Graça do nosso Eterno Pai Criador do Céu e da Terra esteja convosco e sua família.

Nós somos da IGREJA PRESBITERIANA DO BRASIL, especificamente do JD. AEROPORTO LIMEIRA – SÃO PAULO.
Estamos apenas Divulgando o Amor de Cristo em forma missionária para você e seus familiares.
Com Mensagens, Curiosidades da Bíblia, Pedidos de Oração, Intercessão, Consolo, Testemunhos, Amor ao Próximo, Salvação em Cristo, Músicas Gospel entre outros...
Tudo isso por meio de um site – blog, que por sua vez, é preparado especialmente para você leitor.

Não olhamos placa de Igreja, olhamos para um foco só, que é o Nosso Único e Verdadeiro Deus.

NÓS da Comunidade pedimos que você entre lá e sinta-se a vontade perante o nosso DEUS, deixando comentários e sugestões para melhoria do site.

Também indicamos sites e blogs de outras pessoas e comunidades (igrejas), como de pastores, presbíteros, apaixonados por Cristo... Etc.

Você é Especial para Deus! E como é bíblico, amar o próximo, sempre...

VOCÊ É especial para nós também!

NÃO DEIXE DE ENTRAR! Isso não é algum tipo de Spam ou Coisa parecida.

SEJA TAMBÉM Testemunha Viva do que Deus tem feito para todos nós!
Aí, no caso se você quiser ser parte desta família do Senhor no nosso BLOG, basta nos SEGUIR.

- Sendo na leitura diária, como também ajudando a Divulgar!

Pois só PEDIMOS 1 MINUTO DO SEU TEMPO PARA você acessar.

Sempre lembrando QUE ESTAMOS APENAS DIVULGANDO O NOSSO MINISTÉRIO PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA!


DESDE JÁ AGRADECEMOS!

DEUS CONOSCO SEMPRE.

I.P.B – J.A

http://upajagaleradecristo.blogspot.com/

VOTE EM NÓS, ACESSE E CLICAR EM VOTE

I.P.J.A disse...

Que a Graça do nosso Eterno Pai Criador do Céu e da Terra esteja convosco e sua família.

Nós somos da IGREJA PRESBITERIANA DO BRASIL, especificamente do JD. AEROPORTO LIMEIRA – SÃO PAULO.
Estamos apenas Divulgando o Amor de Cristo em forma missionária para você e seus familiares.
Com Mensagens, Curiosidades da Bíblia, Pedidos de Oração, Intercessão, Consolo, Testemunhos, Amor ao Próximo, Salvação em Cristo, Músicas Gospel entre outros...
Tudo isso por meio de um site – blog, que por sua vez, é preparado especialmente para você leitor.

Não olhamos placa de Igreja, olhamos para um foco só, que é o Nosso Único e Verdadeiro Deus.

NÓS da Comunidade pedimos que você entre lá e sinta-se a vontade perante o nosso DEUS, deixando comentários e sugestões para melhoria do site.

Também indicamos sites e blogs de outras pessoas e comunidades (igrejas), como de pastores, presbíteros, apaixonados por Cristo... Etc.

Você é Especial para Deus! E como é bíblico, amar o próximo, sempre...

VOCÊ É especial para nós também!

NÃO DEIXE DE ENTRAR! Isso não é algum tipo de Spam ou Coisa parecida.

SEJA TAMBÉM Testemunha Viva do que Deus tem feito para todos nós!
Aí, no caso se você quiser ser parte desta família do Senhor no nosso BLOG, basta nos SEGUIR.

- Sendo na leitura diária, como também ajudando a Divulgar!

Pois só PEDIMOS 1 MINUTO DO SEU TEMPO PARA você acessar.

Sempre lembrando QUE ESTAMOS APENAS DIVULGANDO O NOSSO MINISTÉRIO PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA!


DESDE JÁ AGRADECEMOS!

DEUS CONOSCO SEMPRE.

I.P.B – J.A

http://upajagaleradecristo.blogspot.com/

VOTE EM NÓS, ACESSE E VOTE...

Márcio de Assis Santos disse...

Certamente a conduta de Macedo e Caio são repreensíveis e pode-se dizer apóstatas. Agora dizer que Davi era segundo o coração de Deus "como político" é um total disparate! Davi tipifica a igreja fiel, foi um homem espiritual e em seus salmos e ações temos a manifestação de ensinos espirituais indispensáveis para a igreja fiel. A utilização dos meios de graça, oração, jejum, madrugada, louvor e outras armas espirituais que constituem a doutrina da igreja fiel corpo de Cristo. A luta de Davi contra Saul é a luta da igreja fiel dos nossos dias contra a igreja infiel, a igreja que busca ao Senhor, onde o Senhor é o único que aparece e a igreja do homem, do homem da oração poderosa, da venda dos milagres em detrimento da pregação da vida eterna. A igreja que tem e aplica a doutrina de igreja corpo onde Jesus é o cabeça e a igreja onde o homem é o "líder". Em breve, se o Senhor me der graça e permitir, e o irmão Léo também, é claro, escreverei um artigo sobre isso. O irmão Julio tem muitas qualidades, mas não pode falar algo desse tipo, pois é um erro muito absurdo.

claudiopimenta disse...

vamos deixar esses dois mamas na egua de lado

um e ateu pois nao tem medo da condenaçao do inferno por pregar heresias

o outro deixou o ministerio pastoral e e pregaçao biblica para soltar palavraoes

Ministério Intercessores do Monte disse...

Colocar Bp. Macedo e Rev. Caio Fábio na mesma altura, é no mínimo falta de informação!!! Mas, vindo de quem veio!!! Irmão Marcos vigia quem posta aqui, pois existe uma expressão que uso muito e acho que se aplica ao texto acima:
"O cego falando do surdo".
Paz!!!
Pr. Gilberto